Em 11 de novembro de 2017 entrou em vigor, no Brasil, a Lei nº 13.467, conhecida como Lei da Reforma Trabalhista. A nova lei alterou mais de 100 artigos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) – cerca de 200 dispositivos do referido estatuto, sob o discurso da suposta obsolescência da CLT e a promessa de geração de emprego.

Passados quase dois anos o que se vê é outra realidade. O desemprego segue em alta, a informalidade explode no país e cai a renda do trabalho. É neste contexto que a REMIR (Rede de Estudos e Monitoramento Interdisciplinar da Reforma Trabalhista) lança o livro “Reforma Trabalhista no Brasil: promessas e realidade”, organizado por José Dari Krein, Roberto Véras de Oliveira e Vitor Araújo Filgueiras.

Composto por sete textos, o livro aborda questões como os efeitos econômicos da reforma trabalhista, os impactos da reforma nas condições de trabalho, negociação coletiva e efeitos e perspectivas para os sindicatos.

Reforma Trabalhista do Brasil – Promessas e realidade

Leave A Comment