ATOS E MOVIMENTOS

A crise econômica aprofunda as contradições do capitalismo brasileiro e impõe uma série de retrocessos ainda maiores aos trabalhadores. A perda de direitos mínimos conquistados a duras penas empurra o povo brasileiro para a luta.